Franquias na crise: quais segmentos cresceram durante a pandemia?

A pandemia de COVID-19 trouxe dificuldades para diversos empreendimentos, assim como tempos realmente difíceis para quase todos os negócios já instalados. No entanto, alguns segmentos como as franquias na crise não se abalaram e, em alguns casos, cresceram ainda mais.

Dessa forma, representam setores da economia com certa estabilidade e, ao mesmo tempo, constituem ótimas oportunidades para investimento em suas respectivas franquias. É o caso do setores de alimentos e de medicina ocupacional, por exemplo.

Continue a leitura e descubra quais foram os segmentos cujas franquias cresceram durante a pandemia, e saiba empreender em franquias na crise.

Delivery de alimento preparado para consumo

Dentre os segmentos que apresentaram crescimento significativo e parecem ter criado novos hábitos de consumo está o delivery de alimentos preparados para consumo. Na verdade, o que se apresentou inicialmente como uma estratégia de sobrevivência do setor tornou-se um interessante mercado em evolução.

O ramo de alimentação já vinha crescendo há algum tempo, não apenas as vendas presenciais, mas mesmo o sistema delivery. As condições trazidas pela pandemia, por sua vez, criaram novas demandas nesse segmento e resultaram na incorporação de novos hábitos à forma de consumo de alimentos.

Nessa área pode ser encontrado de tudo: lanches, pizzas, refeições completas, doces e bebidas, entre outros. Há marcas tradicionais e outras muito recentes, mas todas com um ponto em comum: a dinâmica que a pandemia impôs ao setor e que veio para ficar.

Um indicativo dessa realidade é o número de startups surgidas e que vêm ganhando evidência rapidamente nos setores em que atuam. No dia a dia, qualquer um percebe como surgem aplicativos para a solicitação de um simples lanche ou de uma complexa refeição para diversas pessoas.

Supermercados

O maior tempo passado em casa pela família, em razão do isolamento social, se traduziu por maiores consumos de produtos diversos, desde alimentos até produtos de higiene e limpeza. Nessa direção, um dos segmentos tradicionais que apresentou crescimento mesmo na crise surgida da pandemia foi o de supermercados.

Por sua vez, já a algum tempo a franquia de supermercado começou a despontar como um nicho promissor sinalizando bons resultados. Com as novas circunstâncias impostas pela pandemia as coisas se aceleraram de modo positivo para o setor que já oferece diversas alternativas.

Em razão de sua essencialidade, as redes de supermercados permaneceram com suas lojas abertas incrementando ainda mais os negócios. As mudanças previstas no comportamento social de comprar já se apresentam como novos costumes e indicam que esse setor vai crescer ainda mais na pós-pandemia.

Ao mesmo tempo, algumas mudanças nas exigências do consumidor com atendimentos mais personalizados fortalecem as franquias de supermercados. Grandes marcas já consolidadas no mercado estão abertas para a franquia, assim como iniciativas mais recentes que já disponibilizam acesso a novos franqueados.

Comércio eletrônico

O comércio online que já apresentava crescimento natural com introdução de novas tecnologias e plataformas cada vez mais especializadas, encontrou ainda mais incremento durante a pandemia. Franquias nessa área constituem investimento seguro e próspero.

Na verdade, essa é a tendência geral do mercado, no qual a forma tradicional de vendas presenciais vem apresentando limites de modo cada vez mais intenso. Assim, o e-commerce já assentou suas bases e deve continuar evoluindo e se especializando sempre mais.

No entanto, a tecnologia é a base de sustentação do comércio online, sobretudo as plataformas especializadas. Assim, é preciso dispor desses instrumentos e aprender o seu manejo, assim como as principais estratégias de negócio, sobretudo aquelas que orientam o marketing virtual.

Existem muitas vantagens no setor de franquias de comércio eletrônico. No entanto, as facilidades operacionais (instalações, estoque desnecessário) e a maior liberdade do empreendedor são suas principais características.

Serviços de entrega

A necessidade de isolamento social imposto pela pandemia fez explodir a demanda por serviços de entrega em praticamente todos os setores. Além disso, muita gente já se acostumou com a prática de comprar online e receber em casa ou no trabalho.

Na verdade, os serviços de entrega acompanharam o crescimento do comércio eletrônico e viram surgir oportunidades inimagináveis. Assim, desde o segmento de motoboys até as grandes frotas de empresas especializadas em frete e entregas, o setor se expandiu rapidamente e segue em evolução.

O que se observa é que muitas empresas que não utilizavam os serviços tiveram que fazê-lo, ou não sobreviveriam. Ao mesmo tempo, não se prevê retorno à situação anterior: ao contrário, trata-se de um mercado em expansão com demandas cada vez maiores.

O setor de alimentação encabeça os segmentos que mais operam serviços de entrega e apresentam crescimento bastante expressivo. Da mesma forma, casa e construção, moda, saúde e eletrônicos, entre outros, seguem pelo mesmo caminho.

Medicina e segurança do trabalho

Saúde e segurança do trabalho estão presentes em todas as empresas e exigem grande quantidade de serviços, seja em razão de pequenas ou de grandes demandas. A legislação trabalhista brasileira é muito exigente nesses aspectos e, portanto, trata-se de um mercado permanente e sempre crescente.

A franquia nesse setor, quando se trata de organização franqueadora estabelecida no mercado e reconhecida pela qualidade de seus serviços constitui um excelente negócio. Sobretudo, porque grande parte das necessidades das empresas em geral é compulsória, isto é, a franqueada vai operar em um mercado onde as demandas são permanentes.

Além disso, franquias oriundas de uma organização bem estabelecida podem contar com recursos tecnológicos próprios como plataforma exclusiva e CRM (gestão de relacionamento com o cliente) em nuvem. Ao mesmo tempo, permitem operar com uma infraestrutura enxuta, o que requer baixos investimentos do franqueado.

Outro importante aspecto que facilita ainda mais o segmento é constituído pelas franquias que oferecem maior amplitude nos serviços. Assim, atendendo a todas as exigências das normas trabalhistas que regulam a medicina e segurança do trabalho, a construção de uma carteira de clientes é ainda mais rápida e facilitada.

Como se vê, diversas franquias na crise enfrentada pela economia durante a pandemia continuaram apresentando crescimento. São setores nos quais o investimento oferece oportunidades de sucesso, em especial aqueles cuja natureza não reduzem suas demandas. E é um dos seguimentos que mais cresceu das franquias na crise.

https://youtu.be/ixFg-qizgys

Entre em contato conosco e saiba tudo o que você precisa para ser um franqueado de sucesso em medicina e segurança do trabalho.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *